Clínica Brasil utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência de acordo com a nossa Política de Privacidade e Termos de Uso, e ao continuar navegando você concorda com estas condições.
Segunda a Sexta - 6h - 22h | Sábado - 7h - 18h | Domingo - 7h - 12h

Blog da Clínica Brasil

Pensando em cuidar da sua saúde, trouxemos uma série de conteúdos, para você entender melhor sobre sintomas e doenças que afetam o organismo. Não se esqueça de agendar uma consulta com um médico especialista!

O que é endometriose?

endometriose
COMPARTILHE

Ela consiste na presença de tecido endometrial fora do útero, o mesmo que habitualmente reveste a cavidade uterina, que ao invés de serem expelidas durante a menstruação, se movimentam no sentido oposto e caem nos ovários e na cavidade abdominal, onde voltam a se multiplicar e sangrar. 

Os sintomas da Endometriose podem variar de mulher para mulher, podendo ser leve, e passar despercebido, ou provocando menstruações mais dolorosas e até doenças mais graves.

Continue a leitura para saber mais sobre a endometriose.

Como ocorre o diagnóstico? 

Para identificar se uma paciente realmente está com endometriose o primeiro passo é o exame clínico, que pode ser confirmado pelos seguintes exames laboratoriais e de imagem: visualização das lesões por laparoscopia, ultrassom, ressonância magnética e exame de sangue conhecido como marcador tumoral CA-125. 

Porém, o diagnóstico definitivo da endometriose muitas vezes só é feito através da análise de tecido obtido por biópsia. Em alguns casos é possível ter o diagnóstico definitivo através do exame de laparoscopia com a visualização das lesões. 

Principais Sintomas da Endometriose 

Os sintomas da endometriose podem variar muito em intensidade e frequência, mas o principal é a dor pélvica, que habitualmente pode ser severa e cíclica (coincidindo com a  menstruação) e costuma começar dias antes da menstruação e terminar dias depois. 

Outros sintomas comuns são: 
- Dor durante relações sexuais; 
- Dor e sangramento intestinais e urinários durante a menstruação; 
- Dificuldade de engravidar; entre outros.

O tratamento 

Como a endometriose é uma doença crônica, habitualmente ela se resolve apenas com a menopausa, porém, com o tratamento e o acompanhamento regular,  as mulheres conseguem manter a sua rotina normal. 

O principal foco do tratamento para a endometriose consiste em controlar a dor, além de estar alinhado com as necessidades da paciente, levando em consideração as queixas, faixa etária, sem tem filhos ou pretende ter. 

Existem dois tipos principais de tratamento: 

Tratamento médico

Como a endometriose é uma doença dependente dos hormônios femininos (estrogênio), o tratamento mais eficaz consiste em controlar ou limitar a presença desse hormônio no corpo através de fármacos específicos para essa doença que são receitados pelo médico ginecologista. 

Tratamento cirúrgico 

Em casos muito específicos tem a indicação da cirurgia, principalmente para a remoção em lesões severas. Porém, é indicada para mulheres que já tem filhos e está satisfeita com a quantidade, pois ocorre a remoção do útero e dos ovários.

A Endometriose pode interferir na fertilidade?

Frequentemente a endometriose é associada à causa da infertilidade, estima-se que até 50% das mulheres que possuem essa doença podem ter dificuldades em engravidar e até 50% das mulheres com infertilidade possuem endometriose. 

Porém, isso não quer dizer que uma gravidez não seja possível. Quem tem endometriose pode engravidar naturalmente dependendo da extensão da doença e com o acompanhamento médico regular.

Na Clínica Brasil contamos com excelentes médicos ginecologistas, assim como os exames necessários para o diagnóstico e acompanhamento da Endometriose.

Entre em contato e agende a sua consulta.